Leonardo Dantas | Blog de Moda Masculina
04 janeiro 2017

Raony Dizzara tem 26 anos, mora em Santos, e é formado em moda. Desde que eu o conheço, sempre foi muito dedicado. Certa vez, navegando na internet, vi uma matéria sobre uma coleção de Barbies e, quando me dei conta, a matéria estava falando da coleção de Barbies dele.

Além de produzir todas as fotos, pensando em cada detalhe, ele ainda costura as peças de roupas para compor os looks delas. O trabalho é bem minucioso e o resultado é lindo de ver.


“O dia a dia de uma Editora de Moda tamanho miniatura trabalhando no mundo fashion de gente grande.” – É assim que Raony descreve seu trabalho no Instagram, onde publica fotos das suas Barbies.

Em seu aniversário do ano passado, se deu uma Barbie de presente, daquelas baratinhas de R$29,90, e hoje tem 29 bonecas, das quais ele tira as fotos.

A história do Raony se parece com a minha. Quando pequeno, ele ficava vendo sua madrinha fazer vestidos de noiva e festa no ateliê dela, e, partir disso, ia fazendo roupas para seus bonecos com os retalhos de tecidos que ela dava.

Conforme fui crescendo a vontade foi aumentando ao brincar de boneca com as minhas amigas. E por fim acabou eclodindo em um concurso na faculdade, onde eu tinha de fazer uma releitura de um período histórico em uma Barbie. Na época, minha amiga quem emprestou uma boneca dela, mas depois de uns quatro anos, no meu aniversário ano passado, comprei a primeira pra voltar a fazer roupas em pequena escala e fui me encantando por outras com a aparência diferente da Barbie loira e tradicional.

As fotos que ele faz são lindas e cheias de informações maravilhosas, com um milhão de detalhes em cada uma delas. Ele gosta de retratar as Barbies como se fossem pessoas de verdade, que fazem parte do mundo da moda.

As inspirações costumam ser bem extremas. Ou são inspiradas em alguma tendência vigente, ou até mesmo em situações e imagens mais abstratas. Mas também amo quando posso retratá-las de forma mais abstrata e fantasiosa. Então as composições sempre transitam entre estes dois lineares.

Eu não sei vocês, mas ver umas coisas lindas assim dá até vontade de fazer uma coleção também, hahahah.

Pra quem quiser acompanhar o trabalho do Raony, o Instagram é @barbielagerfeld.

30 dezembro 2016

Esse ano foi realmente um ano de aprendizado. Muitas vezes nós queremos coisas e queremos pra ontem, quando, na verdade, se elas acontecessem na hora que a gente quer, elas não seriam tão valorizadas. Pra quem ainda não sabe, ou sabe só por cima da historia, eu vou contar um pouquinho de como o Ateliê começou… Me formei em 2014, e nos últimos semestres da faculdade começa a pressão de

27 dezembro 2016

Creio que a maioria das pessoas já perceberam o quão grande é meu amor pelo Mickey, né? Esse amor me acompanha desde que eu era pequenininho. Não sei como e nem quando começou, mas sei que está até hoje. O fato é que eu vou ganhando/comprando muita coisa e to fazendo uma coleção de coisas (iguais aquelas dos 90′). Até ano passado, eu era louco pra ter alguma camiseta do