E acabou 2016

30.12.2016  

Esse ano foi realmente um ano de aprendizado. Muitas vezes nós queremos coisas e queremos pra ontem, quando, na verdade, se elas acontecessem na hora que a gente quer, elas não seriam tão valorizadas.

Pra quem ainda não sabe, ou sabe só por cima da historia, eu vou contar um pouquinho de como o Ateliê começou…

Me formei em 2014, e nos últimos semestres da faculdade começa a pressão de “o que eu vou fazer da minha vida agora?”, e com ela, me despertou a vontade de ter alguma coisa minha. Abrir um negocio hoje em dia é um ato bem corajoso e requer bastante paciência (eu como bom ariano não tenho muita). Chamei sua amigas pra abrir um e-commerce de camisetas de streetwear, mas não deu certo (fora os outros projetos que eu tinha com outras amigas dentro da faculdade que também nunca foram pra frente), e ai eu resolvi que ia trabalhar com noivas.

Mas Leozinho, por que noivas? De camiseta você foi pra noiva?
Sim, eu fui. E, apesar de eu entrar na faculdade batendo o pé e dizendo que nunca trabalharia nessa área (quem cospe pra cima, toma na testa, né?), noiva foi uma área que me permitiu mexer com sonhos das pessoas. Da mesma forma que é uma coisa linda, é uma coisa que envolve responsabilidade pra caramba.

Eu comecei a trabalhar numa loja de vestidos de noiva assim que me formei. NUNCA tinha tido contato com um vestido de noiva, e entrei na cara e na coragem. Aprendi MUITA coisa, porém fiquei apenas 3 meses trabalhando lá por motivos que não vem ao caso… E ai, nesse meio tempo, conheci a Samantha. A Samantha era uma doida-engraçada que era minha chefe. A nossa amizade parecia que tinha vindo de lá de fora e de muito tempo atras, mas ninguém acreditava muito. E ai a gente foi embora daquela loja e montamos nosso próprio ateliê. Loucos? MUITO! Durante 6 meses nós tivemos que sobreviver com vestidos de festa que a gente fazia pras vizinhas, e, na virada do ano, decidimos que nosso forte mesmo era vestido de noiva. Repaginamos tudo e começamos a fechar contrato sem ter um vestido de noiva no ateliê. E desde então, estamos trabalhando com sonhos de lindas noivas que confiam no nosso trabalho.

E como eu falei ali em cima, minha experiência era bem pouca, apesar de já ter aprendido o básico naquela outra loja. É super comum alguém me dizer “nossa, mas você costura tão bem, eu não sei costurar nem um botão”… Acontece que, assim como todo mundo, eu aprendi a costurar (e se você quiser, você também pode!). E ai, como sempre fui muito curioso em aprender as coisas, eu juntei o que eu aprendi lá com coisas que eu procurei na internet mesmo.

Em 2016 eu pude dizer pra mim mesmo que eu sou capaz de contribuir pra a realização do sonho das minhas noivas. Claro que eu dependo também da minha equipe, afinal, a gente faz um trabalho que depende um do outro, mas o sentimento de realização é intransferível.

E, como nem só de trabalho se faz o homem, o lado pessoal também teve acontecimentos, né? Foram bons, foram ruins, foram de dar desespero… Mas to super vivo! Eu sorri, chorei, ri até doer a barriga, fiquei estressado… Mas, posso dizer que esse ano eu aprendi a ter mais paciência.

2016 não foi tão ruim, mas também não foi tão maravilhoso. Eu daria 4 estrelas, rs.

E o seu? Como foi?

  • Kaoma Rodrigues

    Em 30.12.2016

    Minha fotinhos está ali <3

    Confesso que fiquei surpresa com a sorte "não sei costurar nenhum botão" hahaha, imagina se soubesse 😉

    Claro que tudo nessa vida é força de vontade e aprendizado.

    Não irei casar de novo para fechar outro vestido com você, mas sim gostaria de vestir novamente vestidos feitos por você e sua equipe, pois não tenho dúvidas que o trabalho é excepcional. Dois vestidos diferentes, os dois lindos cada um com sua beleza de acordo com sua finalidade.

    Eu que não gosto de rosa, me apaixonei por aquele vestido maravilhoso que foi um ARRASO e atraiu muitos olhares dentre tá tás madrinhas de rosa…

    Meu vestido 2 em 1, aquele foi magnânimo, como pode ficar tão lindo, exatamente como pensei desde o início, quer dizer, ainda mais lindo, achava que seria simples, mas nunca vi um simples tão luxuoso, tão bem trabalhado tão tudo!

    Lembro-me dá primeira prova, nunca desconfiei que não sairia lindo, mas ocorre o pensamento será que vai sair do jeito que eu quero?! Mas quando chegou a última prova, vem a constatação, está estupidamente mais lindo do que imaginei, não é à toa que teve madrinha que se debulhou só em ver umas das últimas provas.

    Trabalho impecável. Parabéns pelo seu trabalho e de sua equipe.
    Você é a Samantha são uns amores, os carregarei comigo pra sempre não só por terem feito o vestido, mais por se doarem tanto e com amor.

    Leonardo Dantas

    Em 30.12.2016

    Ká, eu fico até emocionado em ver um comentário tão lindo assim.
    Você foi uma noiva tão querida! Felizmente eu torço pra que você não case de novo, porque eu acho vocês dois uma casal muito fofo, mas não vamos falar nunca, os planos são que a gente atenda o público de festa também…

    Eu fico muito feliz que a gente tenha superado as suas expectativas. ❤️