Leonardo Dantas | Blog de Moda Masculina
12 novembro 2017

Ontem foi dia de conhecer Paranapiacaba. Se você não conhece, muito provavelmente já viu um amigo que tem fotos lá, né? Muitas pessoas vão pra lá porque é um cenário lindo pra fotos. Vários pre-weddings, ensaios… Mas ontem fomos numa tour macabra que conta a história e as lendas que ainda vivem lá.

A ideia era mostrar a tour em um vlog, mas a atualização do iOs acabou com a bateria antes que eu chegasse na metade da tour. E pra não deixar de mostrar pra vocês essa dica de passeio, resolvi fazer em  post.

Descobrimos o passeio via facebook. De inicio, queríamos ir no dia 28/10, perto do halloween, mas na hora de comprar, não me atentei a data e já tinha esgotado. O ponto de encontro com o guia Chaccal foi as 16h45 no metrô vergueiro, aqui em São Paulo.

paranapiacabaparanapiacaba

O lugar é muito lindo. Desembarcamos próximo ao cemitério de Paranapiacaba, onde a tour inicia e onde encontramos o monitor, Thiago Moretti. Eu, particularmente, não sou fã de cemitérios. Mas como fazia parte do roteiro, entrei. Lá ele conta a história da cidade e de pessoas que foram importantes. Para a nossa sorte, estava claro ainda (como dá pra ver nas fotos). Ao sair, encontramos o Leo Alves (o contador de histórias e meu xará!). Pra não dar nenhum spoiler, eu não vou contar as lendas, ok? Faz parte do passeio.

paranapiacaba

Monitor Thiago Moretti

paranapiacaba

Leo Alves, o contador de historias

paranapiacabaparanapiacabaparanapiacaba

Logo após, seguimos descendo pela cidade enquanto o guia Thiago vai contando a historias das vilas. Cada uma delas tem sua característica de acordo com as pessoas que moravam lá. O dia foi escurecendo e esfriando um pouquinho. Eu confesso que eu fui preparado pra um frio maior, mas sem problemas. Infelizmente, não tinha muita neblina. Infelizmente porque ela daria um toque a mais nas historias, mas não foi algo que tirou o encanto.

Também fizemos uma pausa pra conseguir ir ao banheiro e já conhecer o lugar que comeríamos no fim da tour. Mas depois eu falo sobre isso!

paranapiacaba

Passamos pela famosa ponte de Paranapiacaba, que atravessa os trilhos e a estação de trem. Subimos a Rua dos Mens e depois fomos a casa do engenheiro chefe. Encontramos o contador de historia mais uma vez e ouvimos sobre a lenda da família do engenheiro. Continuamos seguindo e fomos para o Clube União Lyra Serrano, e num piscar de olhos, o Leo já estava lá para nos contar mais lendas sobre o lugar. Essa, talvez, você já tenha ouvido em algum momento. Ele nos contou a lenda da bailarina e do balanço que se mexe.

paranapiacaba

Rua dos Mens

paranapiacaba

Casa do Engenheiro Chefe

Os trajetos são todos a pé. Além de blusas grossas, é ideal que você vá com um tênis confortável. A tour dura mais ou menos 2 horas e há bastante subidas e descidas, além de ruas de pedras e terra.

Para encerrar a tour, voltamos para a hamburgueria onde fizemos aquela pausa e esperamos os lanches. Há 4 opções de lanches: Opção 1: Big Ben Burger (cheddar, bacon, cebola roxa com shoyo e molho de mostarda e mel). Opção 2: Locomotive Burger (mussarela, provolone e molho barbecue). Opção 3: Fornalha Burger (mussarela, peperoni e molho tailandês picante). Opção 4: hambúrguer vegetariano.

paranapiacaba paranapiacaba

Tour Macabro em Paranapiacaba

O evento é realizado pelo Passeios Baratos em SP. É necessário fazer reserva para participar e o valor que pagamos foi R$110 por pessoa. Dentro desse valor está incluso: ônibus para transporte (ida e volta), guia turístico, monitor local e jantar (as bebidas e aperitivos são pagas a parte).

Rota do passeio:

Saída: 17h00 da estação Vergueiro próximo do Centro Cultural São Paulo. Previsão de chegada: 18h30 em Paranapiacaba. Início do tour:  Cemitério de Paranapiacaba, Tour parte Alta, Vila Velha, Travessia do Mens, Clube União Lyra Serrano (Coreto e Balanço), Barracões de Solteiros, Pau da Missa, Largo dos Padeiros (encerramento do tour). 21h00 Jantar (hambúrguer e fritas, bebidas à parte). Fim da Tour: 22h00. Previsão de chegada: 23h30.

Créditos das fotos: Casa do Engenheiro Chefe: Patrick de Breyne. Rua dos Mens e fotos extras do inicio da tour: Chaccal.

10 novembro 2017
óculos

Se você me segue no Instagram, já viu que eu precisei fazer um óculos de grau pra mim, né? Nos últimos meses, muitas vezes que o dia de trabalho estava chegando ao fim, eu ficava com muita dor de cabeça. E ela só passava quando eu para de fazer qualquer coisa e dormia. Muitas vezes também, minha vista ficava embaçada por bastante tempo (e eu quase perdia o ônibus, porque só

29 outubro 2017

Já reparou que muitas vezes aparecem umas bolinhas (tipo espinha — vide foto abaixo) depois de depilar alguma parte do corpo? O nome disso é foliculite. E isso nada mais é do que a inflamação dos folículos pilosos, onde os pelos nascem. Os folículos estão espalhados em quase todo nosso corpo, mas há partes mais fáceis de inflamar. No caso dos homens, vemos bastante na região da barba. Como a foliculite